Vocalista da banda Stone Dead prepara novo projeto a solo

John Branco & The Fee é o novo projeto do vocalista e guitarrista dos Stone Dead. A banda está criada, já com alguns ensaios, e prepara-se para gravar o primeiro disco.

“O projeto surgiu pelo acumular de canções que não encaixavam tão bem na sonoridade dos Stone Dead e pelo simples procurar fazer música com pessoas diferentes e também sozinho”, refere o músico, natural da Póvoa, em declarações ao REGIÃO DE CISTER. “Os temas ainda não estão todos escritos nem gravados, mas os assuntos vão de um simples dia no quotidiano até ao amor”, acrescenta.

“Song for you” e Greener” são dois dos temas de “John Branco & The Fee”, que foram apresentados em versão acústica no programa “Música em Quarentena”, da Cister Fm, dirigido por Emanuel Moura. “Foi uma estreia mundial, nunca os tinha tocado ao vivo”, salienta o artista. “Truth” foi, até então, o único tema deste novo projeto a solo lançado no YouTube. ​

João Branco revela que, antes do período de confinamento, os Stone Dead se encontravam a preparar um novo disco que também vai começar a ser gravado em breve. João Branco, Bruno Monteiro, Jonas Gonçalves e Leonardo Batista vão começar a gravar “Milk”, o segundo álbum da banda, “assim que o estúdio reabrir”. “É um disco que já está escrito há algum tempo e vai ser sem dúvida um dos discos do ano”, realça João Branco.​

Os Stone Dead começaram com uma banda de covers e em 2014 lançaram os primeiros originais. “Foi esse o momento que considero que assinalou o início da banda”, realçou o músico durante o “Música em Quarentena”, no qual falou da trajetória do grupo no mundo do rock and roll e também de alguns dos momentos mais marcantes.

Três anos após terem começado a tocar originais, lançaram o seu primeiro álbum, “Good Boys”, que conta a história de vida de Tony Blue. Este álbum, além de ter marcado uma evolução na sonoridade da banda, foi a rampa de lançamento para a sua internacionalização. Com “Good Boys”, os Stone Dead realizaram a primeira digressão internacional, tendo pisado vários palcos em Espanha, França, Bélgica, Alemanha, Áustria, Croácia, Itália e Suíça.

​João Branco recordou o concerto no Super Bock Super Rock em 2017, afirmando que foi o momento em que os Stone Dead tocaram para o maior número de pessoas e referindo que “apesar de já ter tocado em vários palcos e para vários públicos, onde gosta mais de atuar é em Portugal”. “É o público que faz a diferença e não o palco”, enfatiza. ​