Atletismo: Meia Maratona da Nazaré regressa com novidades

A Meia Maratona Internacional da Nazaré (MMIN) regressa para a sua 44.ª edição a 11 de novembro e traz consigo várias novidades.

A primeira prende-se com o regresso da Volta do Futuro, que é dedicada aos escalões de formação e que não acontecia desde a edição de 2014. Assim sendo e porque a organização lamentava “ter deixado cair a prova“, aliou-se ao Clube de Atletismo da Nazaré e reuniram-se “as condições necessárias para trazer de volta a competição dos mais novos“, explica Ana Pouseiro, presidente da Comissão Administrativa da MMIN. A prova realiza-se sábado à tarde, dia 10, ao contrário das restantes, que começam domingo de manhã, às 10:30 horas, meia-hora mais cedo do que os anos anteriores.

Para domingo está programado outro grande destaque deste ano, haverá pela primeira vez a Estafeta Meia a Meias, que permite que “os atletas menos preparados fisicamente e que não conseguiriam correr os 21 quilómetros, possam, assim, correr com um amigo ou familiar metade da prova cada um“, destaca ainda a dirigente.

A última novidade é a integração do Campeonato Nacional de veteranos de meia-maratona, prova da Associação Nacional de Atletismo Veterano, ao lado das já habituais alternativas à “Meia”: a Volta à Nazaré (corrida de 10 quilómetros) e a Caminhada da Meia (caminhada de 6 quilómetros).

Ana Pouseiro salienta ainda o “esforço na divulgação atempada da prova por parte da organização“, para que “a Meia-Maratona da Nazaré volte a ser uma das grandes provas do calendário nacional.“.