Baleia-anã dá à costa na praia da Polvoeira

Uma baleia-anã deu à costa, esta terça-feira, na Praia da Polveira, “em avançado estado de decomposição”. O esqueleto com sete metros de comprimento e aproximadamente nove toneladas de peso foi recolhido para integrar a coleção do Museu de História Natural.

Inicialmente a equipa do Museu Nacional de História Natural e da Ciência recolheu apenas o crânio, mas o facto de o corpo se encontrar completo acabou por suscitar o interesse em avançar com o “esquartejamento do animal para retirar o esqueleto que será levado para o Museu”.

O animal arrojou na Praia Água de Madeiros na terça-feira e na quarta-feira foi arrastada por técnicos do setor de ambiente da Câmara de Alcobaça para a Praia da Polvoeira, a cerca de dois quilómetros, para a preservar do público e facilitar o acesso da equipa do museu ao animal.

Foto: Facebook de Maria João Artilheiro