Homem detido por suspeita de violência doméstica contra os pais

A GNR de Alcobaça deteve, a 21 de junho, um homem, de 39 anos, em flagrante delito, por indícios de violência doméstica contra os pais.

O suspeito foi sujeito a primeiro interrogatório judicial logo no dia seguinte por “se considerar fortemente indiciada a prática, em autoria material e em concurso efetivo, de dois crimes de violência doméstica”, refere o Ministério Público de Leiria.

Os atos de violência doméstica decorriam há cerca de três anos, e “por diversas vezes proferiu injúrias e ameaças e deu vários empurrões a seus pais, aproveitando a sua fragilidade física”, relata a Procuradoria da Comarca de Leiria.

O Juízo Central de Instrução Criminal de Leiria determinou que o suspeito aguardaria a tramitação do processo com o Termo de Identidade e Residência como medida de coação. Além disso, o filho está impedido de contactar “por qualquer meio” os pais e proibido de “frequentar ou permanecer na área de residência” da família.

A investigação prossegue sob direção do Ministério Público do Departamento de Investigação e Ação Penal de Alcobaça, com a GNR de Alcobaça.