Quarta-feira, Junho 29, 2022
Quarta-feira, Junho 29, 2022

Natacha Costa Pereira presta homenagem a David Clifford

Data:

Partilhar artigo:

A artista Natacha Costa Pereira quis prestar uma homenagem ao alcobacense e amigo David Clifford, que faleceu há um mês, com uma representação visual do fotógrafo na fachada de um edifício devoluto na Rua Miguel Bombarda, em Alcobaça. 

A artista Natacha Costa Pereira quis prestar uma homenagem ao alcobacense e amigo David Clifford, que faleceu há um mês, com uma representação visual do fotógrafo na fachada de um edifício devoluto na Rua Miguel Bombarda, em Alcobaça. 

Na pintura, intitulada “Dave” e que foi realizada no âmbito do Rabiscuits – Bienal de Arte Experimental, que decorre entre amanhã e no próximo domingo na cidade, há duas sombras do fotojornalista, com a máquina fotográfica em punho. “Achei que não podia fazer outra coisa que não fosse homenagear o meu amigo Dave”, adianta Natacha Costa Pereira, também colaboradora do REGIÃO DE CISTER.

Naquele espaço, onde funcionou em tempos uma barbearia, a memória de “Dave”, como era conhecido entre familiares e amigos, ficará eternizada. “São duas sombras dele. É como se ele estivesse ainda connosco. E de facto, assim pintado, estará presente enquanto o tempo deixar e mesmo que o tempo o apague, arranjarei forma de o perpetuar noutro lado qualquer”, sublinha a artista. “Quis primeiro que tudo homenageá-lo e depois dizer-lhe e a toda a gente, amigos e família, que nunca o esquecerei e sobretudo agradecer-lhe a pessoa que foi“, acrescenta Natacha Costa Pereira.

De recordar que já há dois anos, também a propósito do Rabiscuits, a artista tinha dado uma nova “vida” à praça que fica ao lado da estação dos CTT da cidade, batizando-a como “Beco da Paixão Assolapada”. “Gosto de embelezar as nossas ruas”, brinca a alcobacense. “Nessa altura, um dos proprietários veio-me dizer que se eu quisesse um dia voltar a dar vida a um edifício dele podia pintar aquela fachada, onde agora homenageei o Dave”, explica a alcobacense, que vai colocar uma placa no local, onde se pode ler “David Clifford: friend & photographer. 1974 – ∞”. “Fiz este trabalho com todo o amor do mundo para ver se conseguimos todos suportar um bocadinho mais facilmente a sua ausência”, diz Natacha, com um breve sorriso. 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

A leste, algo de novo: o despertar dos impérios

Gostaria de estar mais otimista. Porém, os últimos desenvolvimentos à volta da  Guerra na Ucrânia não me permitem...

Hóquei em patins: Biblioteca conquista torneio de encerramento em Tomar

A equipa de sub-15 da Biblioteca conquistou o torneio de encerramento depois de vencer o Sp. Marinhense (10-4),...

Casal de americanos escolheu Alcobaça para ajudar emigrantes

”Portugal the Place” é o nome da empresa de consultoria gerida por um casal de americanos em... Alcobaça. Colleen...

Concurso Mundial de Bruxelas distingue quatro vinhos de Alcobaça

Os vinhos Montecapucho Arinto 2017, da Quinta dos Capuchos, e Mula Velha Rose 2021, da Parras Wines, foram...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!