Terça-feira, Agosto 16, 2022
Terça-feira, Agosto 16, 2022

Daniel Bernardes tem novos projetos em curso

Data:

Partilhar artigo:

O alcobacense Daniel Bernardes vai voltar ao estúdio para gravar um álbum com Carlos Barretto e Joel Silva. Além disso tem em curso o projeto Crossfade Essemble, juntamente com outros nomes do jazz e da música erudita.

Com “Nascem da Terra”, editado em 2013, Daniel Bernardes conquistou um lugar no panorama musical português. Agora, o pianista tem em mente outros projetos para confirmar a afirmação musical enquanto compositor. No seguimento do lançamento em DVD do “Rondó da Carpideira”, o músico vai voltar ao estúdio no formato de trio de jazz e apresenta um novo projeto enquanto compositor.

Foi assim que nasceu o Crossfade Ensemble, o projeto mais “ambicioso” do alcobacense e vencedor da Bolsa Jovens Criadores, do Centro Nacional de Cultura. O ensemble reúne um septeto de “craques” no campo do jazz e da música erudita: Hugo Assunção, João Barradas, Sérgio Carolino, Jeffery David, Mário Marques e Ricardo Toscano. “São músicos extraordinários e com experiência no campo do jazz e da música erudita”, algo central para o projeto de Daniel Bernardes.

A música do pianista “explora as fronteiras entre a música escrita e a improvisação no âmbito do jazz”, o que se traduz numa “escrita que procura explorar o carácter espontâneo da improvisação”, explica o compositor.

O projeto tem estreia marcada para o dia 6 de novembro, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha, no âmbito do Festival Internacional Caldas Nice Jazz 2016.

Paralelamente ao Crossfade Ensemble, Daniel Bernardes prepara um novo disco, para 2017, no formato de trio. Ao pianista juntam-se Carlos Barretto, contrabaixista de renome internacional, e na bateria Joel Silva, companheiro de longa data do compositor.

O trio já tem agendados dois concertos com o objetivo de estrear o novo repertório antes da ida para estúdio. A estreia do grupo está marcada para 23 de junho, no âmbito da 34.ª edição do Festival Música em Leiria, no Museu de Leiria. Na semana seguinte, o trio de Daniel Bernardes apresenta-se no mítico Hot Club de Portugal, em Lisboa.

A “incessante exploração de novos contextos musicais” fazem de Daniel Bernardes uma figura importante na nova geração de músicos portugueses. Seja ao piano ou a compor.

 

AD Footer
spot_img

Artigos Relacionados

Jovens participam em ações de sensibilização e limpeza de praias na Nazaré

Arranca, esta terça-feira, o projeto "A Praia é nossa. O responsável és tu!, da Câmara da Nazaré, integrado...

Alemão e grego dinamizam projeto com objetos de praia em Alcobaça

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se tranforma”. A célebre frase de Antoine Lavoisier pode...

Mirense Romano Saraiva soma conquistas no meio artístico

Aos 24 anos, Romano Saraiva divide a vida entre o ensino de Educação Visual e um projeto artístico...

UFAV cria bolsas de “Desporto para Todos” para apoiar situações de fragilidade social

A União das Freguesias de Alcobaça e Vestiaria (UFAV) tem em curso um projeto de apoio ao desporto...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!