Sexta-feira, Dezembro 2, 2022
Sexta-feira, Dezembro 2, 2022

Regresso às aulas

Data:

Partilhar artigo:

É aquela altura do ano em que nós, pais, ficamos aliviados de tempo para trabalharmos ainda mais (há que alimentar a máquina fiscal), com a síndrome do ninho vazio, a dar sinal de si, assim que ligamos os 4 piscas e os deixamos à porta da Escola.

No meu caso, ou melhor no do meu filho, ainda há a passagem do carinho privado da JDD para os afetos da FEM. Um pequeno passo para mim, mas um salto gigante para o Fausto que por aqui cresce, entre as coisas boas e más de Alcobaça.

As brigas de Verão já lá vão, bem como as suas doçuras. Agora, estamos todos de chapéu de chuva e olheiras, na Biblioteca da Escola, com um olho nos nossos meninos e outro nas professoras, a tentar absorver o que há de novo, na tentativa de fazermos mais parte da solução do que do problema.

Região de Cister - Assine Já!

As professoras sorriem, contentes em receber e tratar o que de mais precioso temos. Porém muitas já estão cansadas de tanta pestana queimada e passos em falso, com um Ministério de Educação que faz tudo menos descomplicar e custa-lhes, presumo, ouvir António Costa visitante de “escolas-modelo” (todas o são) a papaguear o seu otimismo que tanto nos deprime.

À porta da escola um solitário cartaz com a revindicação dos 6% do PIB para a Educação, lembra-nos que muito para além da luta para educar, há outra que a acompanha que é a de criar condições para os afetos que se sentem assim que deixamos os nossos meninos no portão da Escola ao pé de uma Senhora que, se não sabe o nome de todos, pouco falta.

Por isso dedico estas linhas em jeito de abraço aos professores da FEM.

Porque, para mim, ser professor é fazer a diferença na adversidade, enquanto se luta por um reconhecimento que deveria ser óbvio a quem usa a Educação como mera propaganda eleitoral, mas que, na prática a complica, a empobrece, que traz aquela sombra ao olhar curioso e brilhante que vislumbramos nos professores no dia da apresentação.

Boa sorte!

AD Footer
Artigo anteriorDentro de nós
Próximo artigoFutebol sem bola

Artigos Relacionados

APFCAN reflorestou 200 hectares desde grande incêndio de 2017

A reflorestação da área florestal que se estende até ao mar nos concelhos de Alcobaça e Nazaré é...

Alunos da Escola D. Pedro I em projeto “Music and Sports” na Turquia

Ângelo Antanoa (9.ºC), Gonçalo Domingues (9.ºB), Simão Dias (9.ºC) e Simão Fernandes (9.ºA) foram os alunos da Escola...

Concerto de Toy levou um milhar de pessoas ao pavilhão dos Bombeiros da Benedita

O pavilhão dos Bombeiros da Benedita engalanou-se, na noite da passada sexta-feira, para receber o concerto de Toy....

HC Turquel aplica goleada e reafirma candidatura à subida de divisão

O HC Turquel goleou na receção ao HC Sintra (6-2), no passado sábado, e reafirmou a sua candidatura...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!