Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023
Quarta-feira, Fevereiro 1, 2023

Alteridade em 2023

Data:

Partilhar artigo:

Sabemos que dezembro é um mês em que as pessoas ficam mais emotivas. É também tempo de retrospetivas e verificação de metas pessoais e profissionais.

Vivem-se níveis atípicos de stress e ansiedade no final de 2022. Num ano comum, o índice de stress aumenta em média 75% na quadra natalícia, conforme apontam dados da International Stress Management Association, contudo este ano os valores dispararam devido à conjuntura político-económica.

Esta situação representa um problema no âmbito da saúde física, mental e emocional. Sabemos que dezembro é um mês em que as pessoas ficam mais emotivas. É também tempo de retrospetivas e verificação de metas pessoais e profissionais. A frustração começa a surgir perante a perceção de que não se teve êxito nos planos definidos. O stress advém da quebra de expectativas e da ansiedade de novas metas, às quais ainda se somam a incerteza do que 2023 trará. Tudo isto faz com que o final do ano seja para muitos um momento de sofrimento. Existem formas de tentar amenizar a tensão. Criar estratégias positivas perante as adversidades; observar as aprendizagens adquiridas com erros e metas não alcançadas e entender que objetivos devem ser pensados de acordo com o limite individual; saber reconhecer que nem sempre seremos 100% em tudo e que devemos estabelecer planos mais próximos da realidade.

Uma importante forma é estar próximo de pessoas que gostam de nós e de quem gostamos. Mas talvez possamos ampliar um pouco mais o nosso “abraço” no próximo ano. Um estudo feito em 2010 pelo neurologista Tony W. Buchanan mostrou que quem está próximo de pessoas em sofrimento acaba por sentir essa mesma sensação. Isso indica que não afeta somente os indivíduos em si, mas todos à volta.

Região de Cister - Assine Já!

O que mais importa é o resgate da humanidade perdida em cada um de nós. Ela afinal “ainda existe” e segundo os estudos de Buchanan ainda somos capazes de aplicar o conceito de alteridade! Ian MacLaren disse “Be kind, for everyone you meet is fighting a hard battle”. Que esta seja a perrogativa de novo ano! Humanidade, solidariedade, compreensão e generosidade são essenciais para uma estrutura emocional forte, totalmente à “prova de bala”! Desejo-vos um Natal pleno de amor e harmonia e um 2023 repleto de saúde e novas conquistas. Boas festas!

AD Footer

Artigos Relacionados

Andar com o escritório numa mão

Fábio Filipe tinha duas opções: passar das funções de club manager para área manager de um clube de...

‘Dragão’ Stephen Eustáquio marca e conquista Taça da Liga de futebol

Stephen Eustáquio teve papel bastante importante ao apontar o primeiro golo na vitória que deu ao FC Porto...

Oonify abre espaço dedicado à formação na Nazaré

A Oonify abriu, recentemente, na Nazaré, um novo espaço de formação, a que chamou de "Oonify Space". O novo...

Sons Com(n)Sentidos ouvem-se agora nos cavaquinhos e percussão da Cercilei

Em cima do palco, os homens apresentam-se de suspensórios, as mulheres levam uma bandolete na cabeça. Todos vestem...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!