Banda de Alcobaça pretende manter Cistermúsica em 2020

A Banda de Alcobaça pretende manter a realização da 28.ª edição do Cistermúsica para o próximo verão, com um ajuste no calendário inicialmente previsto.

Depois de terem sido conhecidas as normas legais e orientações de saúde pública que regulam o setor cultural, a organização do festival considera que “é possível a realização do Cistermúsica, cumprindo escrupulosamente aquelas diretivas, desde logo, porque os concertos serão realizados com plateias sentadas e lugares definidos”.

“É nosso dever transmitir, no atual contexto social, esperança e confiança na retoma da atividade cultural”, refere Rui Morais, presidente da Direção da Banda de Alcobaça. O também diretor geral do Cistermúsica sublinha ainda “o peso deste festival no turismo cultural e o seu impacto económico na região”.

Neste sentido, foi reajustada a proposta de programação do festival, privilegiando-se agora a apresentação de artistas nacionais e agrupamentos de pequena e média dimensão, como recitais a solo, música de câmara e orquestras barrocas.

“A aposta nos artistas nacionais ganha maior relevância perante a ausência de rendimentos de grande parte da classe artística, decorrente do cancelamento das atividades culturais nos últimos meses”, salienta Rui Morais, adiantando que os “grandes concertos”, com lotações superiores a 500 lugares foram adiados para a edição do próximo ano. Entre os quais está o concerto do brasileiro Lenine, cuja tour “Em Trânsito” estava prevista passar por Alcobaça no final deste mês.

O ajuste da programação realizado privilegia o Mosteiro de Alcobaça como palco principal, considerando-se ser “o espaço mais adequado ao cumprimento das regras de saúde pública”, tendo já havido uma primeira reunião de trabalho com a direção do Mosteiro e com a Câmara de Alcobaça, tendo sido apresentado o novo plano. Estão previstas, no entanto, reuniões técnicas mais detalhadas nos próximos dias, a fim de se tomar uma decisão definitiva. Caso haja concordância por parte dos parceiros estratégicos, o Cistermúsica vai decorrer de 10 de julho a 1 ou 2 de agosto e serão apresentados entre 10 a 15 concertos, em vez dos 40 previstos anteriormente.

O Festival de Música de Alcobaça é atualmente um dos maiores e mais conceituados festivais da música erudita do País e conta com o alto patrocínio do Presidente da República.