Governo autoriza IP a avançar com obra de requalificação no IC2

Foi publicada, no dia dia 2, em Diário da República a portaria que autoriza a Infraestruturas de Portugal a proceder à repartição de encargos para a beneficiação do troço entre Asseiceira (concelho de Rio Maior) e Freires (concelho de Alcobaça). Com este avanço, a empreitada deverá avançar ainda este ano.

De acordo com o documento, foi identificada a “necessidade de reavaliação do âmbito do projeto e a necessidade de revisão do preço base”, que agora se estabelece nos 8,6 milhões de euros repartidos entre o presente ano e 2022. A empresa pública informa ainda que as obras há muito reclamadas abrangem uma extensão de 20 quilómetros e consistem na substituição de cinco cruzamentos por rotundas, além da reabilitação do pavimento e da recuperação das infraestruturas de drenagem.

Apesar deste anúncio, a Comissão de Utentes do IC2 avisa que não planeia, para já, suspender a marcha marcada para o próximo dia 6 de novembro rumo à Assembleia da República. “Vamos reunir e tomar a decisão que entendermos ser acertada. Todos os anos antes da marcha lenta recebemos mentiras sobre as obras deste troço. Para já a marcha mantém-se a 6 de novembro”, informa a comissão.