Hospital de Alcobaça abre Unidade Funcional de Cirurgia Ambulatória da Mão e Artroscopia

O Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO) abriu, esta segunda-feira, uma Unidade Funcional de Cirurgia Ambulatória da Mão e Artroscopia. 

A unidade resulta de um investimento de cerca de 76 mil euros e vai permitir a realização de mais 410 cirurgias anualmente. 

De acordo com diretor do Serviço de Ortopedia ll do Centro Hospitalar de Leiria (CHL), "a criação desta unidade traduz-se em ganhos a nível assistencial, com a previsão de um aumento de cerca de 410 cirurgias por ano face ao atualmente realizado pelo Serviço de Ortopedia ll". António Sá acredita que a nova unidade trará benefícios "científicos e orçamentais", assim como a nível de "rentabilização dos recursos físicos e humanos já existentes no centro hospitalar, nomeadamente no Bloco Operatório do HABLO".

"Esta unidade fomenta a produção cirúrgica em ambulatório, diminui gastos cirúrgicos e prestação de cuidados e permite a libertação dos tempos operatórios no bloco para cirurgias mais complexas e cuja colaboração da anestesia seja indispensável", afirma o presidente do Conselho de Administração do CHL.

A Direção do CHL entende que unidade funcional poderá também contribuir para o enriquecimento da atividade de investigação médica e produção científica realizada no centro hospitalar.