Novo comandante de Alcobaça quer aproximar PSP da comunidade

Firmino Rodrigues é o novo comandante da Polícia de Segurança Pública (PSP) de Alcobaça. Em funções há pouco mais de seis meses, o comissário pretende em Alcobaça “dar continuidade ao bom trabalho desenvolvido”, tendo a “proximidade com a comunidade” e a “prevenção” como objetivos prioritários do seu “mandato”.

Natural de Bragança, ao longo dos 32 anos de carreira, o polícia já desempenhou funções em Lisboa, Caldas da Rainha e Peniche, tendo nos últimos anos assumido funções como segundo comandante da Divisão da PSP das Caldas da Rainha. O contacto com a comunidade, que deriva da parte operacional, é para Firmino Rodrigues o fator mais aprazível da profissão. “Defino-me como um homem do povo e que quer servir o povo. Deste modo, a procura constante de soluções para os problemas das pessoas é muito satisfatório. Gosto de sentir que a comunidade confia na minha equipa e isso conquista-se”, afirma.

O balanço dos primeiros meses de trabalho na cidade de Alcobaça é descrito como “muito positivo”. A proximidade com as entidades, a equipa e a “tranquilidade que impera neste centro urbano” são alguns dos elementos motivadores. “Tenho o privilégio de estar a comandar excelentes polícias, íntegros e com um sentido de dever que não se encontra em todo o lado”, sublinha Firmino Rodrigues. A nível das instituições da cidade, incluindo a autarquia, “a relação tem sido também muito acolhedora”, acrescenta.

O novo comandante da PSP de Alcobaça quer dar continuidade ao trabalho realizado pelo seu antecessor junto da comunidade escolar e sénior, potenciando o seu crescimento. “Ações de sensibilização são o nosso grande foco. Debater a intolerância, o bullying, os perigos na Internet e até mesmo a violência doméstica continua a ser a nossa aposta, porque é nas crianças que está o futuro da nossa sociedade”, defende. A prevenção para situações de risco que envolvem idosos (assaltos, abandono e violência), bem como uma maior fiscalização do uso de estupefacientes e de bebidas alcoólicas entre menores são outras das apostas do seu comando.

“Alcobaça é uma cidade segura. Obviamente que há registo de acidentes rodoviários, assaltos e casos de violência doméstica. Pensar que vamos erradicar todos os delitos é uma utopia, mas a segurança desta cidade está acima da média nacional”, reitera o comissário. “É seguro andar na rua à noite e no que depender da minha equipa, assim vai continuar”, garante. O objetivo passa por “melhorar e continuar a garantir que os crimes são punidos e que os cidadãos se sentem protegidos na sua cidade”. 

O chefe Nelson Matos, que assumiu o cargo de comandante da PSP de Alcobaça nos últimos oito anos, passa a exercer funções como segundo-comandante.