Quarta-feira, Julho 6, 2022
Quarta-feira, Julho 6, 2022

O gosto pelas pedras

Data:

Partilhar artigo:

Sempre gostei de pedras. Sejam as da Serra dos Candeeiros, que calcorreei vezes sem conta em intermináveis passeios com o meu avô, sejam as pedras assinadas do nosso Mosteiro.

As pedras contam-nos muitas histórias, falam-nos de um passado com muitas idades. Fomos civilizados, deixámos de ser e voltamos a sê-lo… vezes sem conta. E de todas as vezes que assim foi, deixámos gravados na pedra os vestígios da nossa brutalidade ou da nossa grandeza.

Mas as pedras não têm só esse dom de nos falar do passado. Também nos definem no presente e são uma promessa de futuro. Para que as possamos interpretar e aprender com elas, devemos respeitá-las, garantir-lhes a perenidade e, se possível, acrescentá-las.

O Mosteiro de Cós é um exemplo deste sortilégio das pedras. Não sou historiadora, mas sei que a sua origem se situa pelo século XIII, que foi ampliado pelo XVII e ornamentado mais tarde. Sabemos que foi depois destruído, esventrado, espoliado. Em boa hora se promete agora um novo recomeço, com obras para o futuro.

Em Alcobaça também. O nosso Mosteiro exibe nas suas pedras as marcas de várias épocas, de diferentes estéticas e possibilidades do reino e do clero e também ali a promessa de um claustro renovado traz bons augúrios.

No futuro, quando se olhar o nosso tempo, que dirão de nós as pedras que agora nos contemplam?

AD Footer
Artigo anteriorAo Pescador
Próximo artigoDa Poesia e da História
spot_img

Artigos Relacionados

Futebol: Ginásio fica pelas meias-finais no Inatel

O Ginásio caiu nas meias-finais do taça nacional da Fundação Inatel. Os azuis soçobraram na deslocação ao reduto...

Colisão entre motociclo e veículo ligeiro provoca um morto na Nazaré

Um homem, de nacionalidade inglesa, morreu esta segunda-feira na Nazaré, na sequência de uma colisão entre um motociclo...

Uma “tasca” em alta rotação movida a gasolina e… caracol

Costuma dizer-se que quem anda à velocidade do caracol não chega propriamente rápido ao destino. Mas, por paradoxal...

Jovem detido por furto a residência em São Martinho do Porto

Um jovem de 25 anos foi detido, no dia 29 de junho, por furto em interior de residência...

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!