Segunda-feira, Dezembro 5, 2022
Segunda-feira, Dezembro 5, 2022

Susana Santos

Formou-se em Direito, tem um MBA, mas a vocação de Susana Santos sempre foi a comunicação. Primeiro como jornalista na Renascença, na RTP e na TVI, depois como diretora de comunicação na Câmara Muncipal de Lisboa. Desde 1999 que assumiu a direção do departamento de comunicação e relações externas do El Corte Inglés.Tem dois filhos e é uma apaixonada por música, poesia e por Alcobaça, terra onde nasceu. A moda acompanha-a desde sempre, mas não é uma fashion victim. Sabe exatamente o que a favorece e do que gosta, mas admite que nos dias mais dificeis pede conselho à responsável do serviço de Personal Shopper do El Corte Inglés.

Pão por Deus

Perderam-se os cheiros e os miúdos pedem doces de plástico que as pessoas lhes despejam em abóboras também de plástico Susana Santos Nas vésperas do dia de Todos os Santos, ou melhor, do Pão por Deus, já os garotos da aldeiam andavam a chatear as mães e as avós para prepararem o saco ou a sacola de pano-cru ou serapilheira com...

Veio ter comigo hoje a poesia

Hoje a poesia veio ter comigo em forma de notícia e não poema. Um de nós, um dos da nossa terra, está nos comandos do mais belo e rico Teatro Nacional: o São CarlosSusana Santos Como nos versos de Vergílio Ferreira, veio ter comigo hoje a poesia. Veio desde a juventude, como também no caso dele. Vem de longe, portanto,...

Ler para ver melhor

Parece que os jornais em papel são cada vez menos lidos. E basta passear numa praia para verificar que há muita gente de telemóvel na mão e muito pouca com um livro sobre a toalha.Susana Santos “E quando agora levantar os olhos deste livro, nada será estranho, tudo grande.” Este verso de Rainer Maria Rilke traduz tão bem a importância...

“À espera de uma estrela ou, quem sabe, de uma chuva delas“

Nestes dias grandes, temos mais tempo para viajar, mesmo que, apenas, com o olhar, que o mesmo é dizer, recuperarmos a capacidade de nos espantarmos.Susana Santos “Creio que uma folha de erva não vale menos do que a jornada das estrelas”. Este verso, de Walt Whitman, poeta dos homens e da natureza, parece-me um bom mote para uma crónica de...

Que regressem as festas

Creio que nunca, como este ano, senti tanta vontade de festejar nem nunca tinha percebido nos outros esta imensa vontade de conviver, dançar, agradecer, sorrir e partilhar a mesa, mesmo se a mesa estiver ocupada por desconhecidos.Susana Santos No solstício de Verão, comemoramos o regresso do bom tempo, o amadurecimento, a luz dos dias grandes. A tradição cristã, que enformou...

Amália Hoje, Amália Nós

Amália não é só a nossa voz, é a nossa poesia e toda a nossa alma. A fatalidade, o tempo, o destino, o sonho, o prazer, o desgosto, o amor e a beleza.   Ao trazê-la, ao recuperar as palavras e reinventar as melodias, o Nuno Gonçalves, a Sónia Tavares, o Fernando Ribeiro, o Paulo Praça e os seus e nossos...

Carapau seco!

Quando era pequena, a minha mãe chamava-me assim, por ser muito magra. Mas não é desse tipo de carapau seco que vos falo hoje. Na verdade, o meu objectivo é o de fazer a apologia dos métodos tradicionais de conservação do peixe e de outros comeres.  Acho que a energia eléctrica e a facilidade com que conservamos hoje os alimentos...

Gostava de falar de liberdade

Aliás, o que gostava mesmo era de não ter de falar da guerra, de nenhuma das guerras que o nosso pequeno e único mundo ainda consegue suportar. Gostava de poder continuar a reflectir sobre a importância de viver devagar, como fiz há um ano, na sequência de uma pandemia que nos obrigou, subitamente, a travar. Mas não é possível porque...
AD Footer
Região de Cister - Seja Assinante!
spot_img

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!