Cistermúsica eleito membro da Associação Europeia de Festivais

O Cistermúsica - Festival de Música de Alcobaça foi eleito membro da European Festivals Association (EFA), após aprovação do Conselho e votação da Assembleia Geral, que reuniu no Hotel Palace do Estoril, esta segunda-feira, no âmbito do Arts Festival Summit 2019, o encontro anual da EFA.

A cimeira decorreu pela primeira vez em Lisboa, juntando cerca de 250 produtores de festivais de todo o mundo. O Cistermúsica e o Gravíssimo, festivais da Academia de Música de Alcobaça, e ambos detentores do selo de reconhecimento europeu EFFE, estiveram representados nesta edição.

Para o diretor executivo do Cistermúsica, a adesão à EFA é “um momento histórico para o festival, que vem comprovar o prestígio internacional alcançado nos últimos anos”. Rui Morais nota ainda que “a EFA “é uma associação cujos membros são alguns dos melhores festivais europeus, o que, para lá de dar uma certa visibilidade ao Cistermúsica, permitirá ao festival partilhar ideias e boas práticas com organizações culturais de referência”.

Onze novos membros passam agora a integrar a EFA. A par do Cistermúsica, outros dois festivais portugueses – Dias da Música (CCB/Belém) e Terras Sem Sombra (Alentejo) – passam a ser membros ordinários da associação. A EFA conta com 111 membros, representantes de 43 países, sendo que até à data apenas um festival português, o Festival de Música do Estoril Lisboa, pertencia à organização.

Fundada em 1952, enquanto organismo europeu, a EFA promove de forma conjunta os seus membros, fomentando a criação e a coprodução, o relacionamento e o intercâmbio internacional, tendo como premissa a divulgação de manifestações artísticas de elevada qualidade.