Sexta-feira, Julho 12, 2024
Sexta-feira, Julho 12, 2024

Podcast

Atropelamento

Quando saio da Académica, sou quase abalroado em cima da passadeira por um condutor do expresso (ainda lhe fiz um sinal com a mão, ele sorriu e acenou) penso: será este o meu destino na terra em que escolhi viver? Talvez porque, dois dias depois, após colocar o lixo na reciclagem, um jipe quase me leva à frente, sempre na passadeira, depois do motorista da RNE, quase me arrancar o nariz na pressa do almoço no CC Gafa, e...

À “nossa” imagem

Cada vez que saio de casa para pôr o lixo, passo por baixo de um cartaz do messiânico Chega. É apropriado. Afinal, ele irá mudar e salvar o país, nem que para isso tenha de pedir emprestada a energia aos vizinhos da esquerda, como fez o seu homónimo argentino. Depois do psicadélico mural da JMJ, ali para durar na avenida do hospital, entre outras garatujas desenhadas por ajuste direto na cidade, sinto-me inspirado em dizer que, finalmente, temos político que nos...

Quem tem medo do 25 de Abril? Alcobaça tem

O Lúmen é um espetáculo magnifico, com um contexto próprio a uma cidade que reclama o amor imortal de Pedro e Inês, apesar de sabermos...

Mercado de Alcobaça

São muitas as pessoas que me interpelam na rua para me parabenizar pelos artigos que aqui escrevo, “sem papas na língua”, neste jornal, mas acho...

Quem é quem?

Quem é quem? Quem é Portugal? Quem somos nós? Um dia, tentei explicar isto mesmo a uma amiga brasileira “tens de ver que o português quer, mas não...

A hora da sopa

Houve Sol em fevereiro e, tal como os caracóis, os Porsches de Alcobaça meteram os corninhos ao Sol. Houve também Carnaval, uma ocasião especial em...

Pavilhão Chinês

Glamour? É uma palavra que está em voga em Alcobaça, mas não pelas melhores razões. Uma das coisas que tem desaparecido da cidade é exatamente...

Natal

Quem faz o Natal para todos nós? São os amigos. Era assim o refrão de um dos temas que mais rodava na minha casa, na...

A geografia dos romances

Estou, mesmo agora, agorinha, na livraria A-das-Artes, em Sines pela morrinha da tarde, a aproveitar o Sol desta cidade de que tanto se tem falado...

Contradança

Chegou finalmente o Outono. Sem tempo para saudades do Verão, pois ainda há duas semanas, o Sol baixo a 30 graus nos queimava a moleirinha. É...
spot_img

O pintor que fez da cerâmica e da azulejaria uma “tela” da vida

Foi de pincel na mão que Luís Sacadura desenhou o trajeto de uma vida particularmente preenchida. Disputado pelas grandes fábricas de cerâmica de Alcobaça entre as décadas de 1960 e 1980, foi nos azulejos que encontrou a grande paixão. Aos 49 anos, o pintor foi desafiado pela Embaixada dos Estados Unidos para atravessar o Atlântico e ensinar aquela arte....

O náufrago que nunca conseguiu virar as costas ao mar da Nazaré

António Engenheiro tinha 14 anos quando naufragou na primeira ida ao mar como pescador. Mais de meio século depois, revela os pormenores da maior tragédia de um barco de pesca da Nazaré nas últimas décadas, que ceifou a vida a oito pescadores. Apesar dos vários sustos por que passou, este nazareno, que resistiu a um cancro e “fintou” vários...
AD Footer
Região de Cister - Seja Assinante!
spot_img

Aceda ao conteúdo premium do Região de Cister!